Localizado na região norte de Curitiba, o Pilarzinho é um dos maiores bairros da cidade e também está entre os mais populosos. A região que se destaca por conter inúmeros pontos turísticos também é residencial e perfeita para quem busca um lar para sua família. Se você está pensando em comprar um imóvel, descubra a seguir porque o bairro Pilarzinho é bom para morar.

Sobre o Pilarzinho

Você já sabe que o Pilarzinho está entre os bairros mais populosos e extensos de Curitiba. No que diz respeito ao tamanho, ele conta com 7,10 km² de extensão, que correspondem a 1,63% da área total da cidade. Já, com relação aos moradores, a região conta com mais de 9.800 residências, que são moradas para cerca de 28 mil pessoas.

Um dos principais motivos para dizermos que o bairro Pilarzinho é bom para morar é a média de idade de seus moradores, que gira em torno de 34 anos. Ou seja, boa parte da população dessa região é composta por famílias. Mas essa não é a única característica do bairro que chama a atenção. A grande quantidade de pontos turísticos e áreas verdes também fazem do Pilarzinho um dos bairros mais agradáveis para se viver em Curitiba.

A história do bairro

Você sabia que o nome “Pilarzinho” é uma homenagem à Nossa Senhora do Pilar? A santa inclusive recebeu uma capela na região, em meados de 1782. Foi nessa época que o bairro começou de fato a se formar. Em 1854, o Pilarzinho já era morada de diversos imigrantes, principalmente alemães. Eles eram donos de chácaras e tinham como fonte de renda o cultivo de cereais, a criação de gado e plantações de hortaliças.

Menos de 20 anos depois, em 1870, um projeto foi criado pela Câmara Municipal de Curitiba para oferecer mais áreas para colonos que tinham o desejo de iniciar negócios agrícolas. Esse incentivo é uma das grandes razões para que novos moradores chegassem à região, especialmente os imigrantes poloneses.

Localização

Localizada na região norte da capital paranaense, o Pilarzinho faz divisa com Almirante Tamandaré e outros seis bairros de Curitiba. São eles: São Lourenço, Abranches, Bom Retiro, São João, Taboão e Vista Alegre.

Há pouco mais de 10 minutos do centro, a região também conta com fácil acesso para outros pontos da cidade. O transporte público, por exemplo, possui diversas linhas que atendem o bairro. Uma delas, inclusive, é o Interbairros II, uma das principais de Curitiba.

Já, no que diz respeito ao transporte particular, o bairro possui grandes vias como a Avenida Desembargador Hugo Simas e a rua Raposo Tavares. Toda essa acessibilidade faz com que muitos curitibanos desejem comprar imóvel no Pilarzinho.

Pontos turísticos

Você já sabe que o Pilarzinho conta com vários parques, mas o que você provavelmente não sabe é que eles cobrem quase 30% de toda a extensão do bairro. São, no total, 2,14 milhões de m² de área verde.

Dentre os principais parques da região, estão a Unilivre (Universidade Livre do Meio Ambiente), o Parque Tanguá e o Parque Tingui. Além disso, o bairro Pilarzinho fica próximo de outros pontos turísticos de Curitiba, como a Ópera de Arame, a Pedreira Paulo Leminski e o Parque São Lourenço.

Pilarzinho: perto de tudo que você precisa!

Para ter certeza de que o bairro Pilarzinho é bom para morar, é fundamental saber se a região é abastecida de serviços de saúde, educação e comércios. E a resposta é positiva. Além de contar com a Unidade de Saúde Pilarzinho, o bairro também fica próximo de hospitais e clínicas. Já no que diz respeito à educação, existem inúmeras instituições de ensino para crianças, jovens e até mesmo adultos.

Mas isso não é tudo! Com uma economia que se movimenta principalmente por meio dos serviços (44,82%), o bairro também conta com várias opções de mercados, mercearias e postos de combustíveis.

O que fazer no Pilarzinho?

Se opções de lazer e gastronomia são fundamentais para você decidir se deseja ou não morar em uma região, saiba que o bairro Pilarzinho fica próximo de várias opções de bares e restaurantes, para todos os gostos. Além de estabelecimentos tradicionais, com menus que incluem pizzas, hambúrgueres e comida tradicional brasileira, o bairro ainda conta com opções mais sofisticadas. Dentre elas, estão restaurantes de culinária mediterrânea, italiana e oriental.

Já, se você está interessado (a) na vida noturna do bairro, saiba que a região não conta com baladas e boates. Uma das razões para ser considerada uma área residencial e familiar. Mas, o Pilarzinho conta com bares com opções interessantes de drinks e aperitivos para quem deseja aproveitar a noite sem muita agitação.

Se antes desse texto você já estava pensando em comprar imóvel no Pilarzinho, agora já deve estar decidido a fechar negócio. E se você deseja usufruir de tudo o que há de melhor nesse bairro, clique aqui e conheça um dos melhores empreendimentos da região.